Campanha convoca famílias a discutirem o consumo infantil

Site de troca de brinquedos quer que as pessoas repensem os hábitos de consumo

Crédito: Divulgação.

 

Comentário Akatu: É na infância e na adolescência que se estabelecem valores, comportamentos e hábitos que podem permanecer por toda a vida. Por isso, para alcançarmos um novo modelo de civilização, que valorize o bem-estar de todos mais do que o consumo em si, é primordial educar nossas crianças e jovens para a sustentabilidade e o consumo consciente. Tal educação permitirá que a criança, ao se tornar uma pessoa adulta, possa fazer com consciência suas escolhas de consumo, com base no que é realmente importante para a vida dela e bom para a sociedade e para o meio ambiente. A iniciativa do site Quintal de Trocas permite que os pais e responsáveis pela criança trabalhem a educação em relação aos seus brinquedos, ao mostrar a importância de cuidar bem de seus pertences e realizar trocas ou fazer doações quando não lhe servem mais.

 

O site Quintal de Trocas, plataforma online de troca de brinquedos, lançou a campanha Eu Brinco no Quintal, para engajar pais, mães e profissionais que cuidam de crianças de 0 a 12 anos.

A campanha é dividida em duas partes: a primeira convoca as pessoas a conhecerem e a apoiarem a causa da campanha, via cadastro no site, e a segunda, que permite a participação dos apoiadores em webconferências e reuniões. O intuito é levar as pessoas a discutirem e a repensarem os hábitos de consumo na infância.

Para apoiar a campanha, basta clicar aqui e inserir nome, e-mail e cidade. Interessados poderão participar, no futuro, de reuniões virtuais ou presenciais para presenciais, para conversar e interagir sobre consumo infantil.

A discussão ajudará a repensar a plataforma do Quintal de Trocas para torná-la mais intuitiva, lúdica e acessível para a troca de brinquedos, além de uma ferramenta de educação sobre consumo consciente.

Leia mais:

Você é um consumidor consciente? Faça o teste!

Site permite a troca de brinquedos gratuitamente

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: