Brasil tem 917 municípios em crise hídrica

A água dever ser economizada sempre, não apenas em situação de emergência. A mudança definitiva de comportamento do consumidor para um uso mais consciente da água é fundamental para enfrentar a situação permanente de escassez hídrica.

Seca também atinge o sertão do Piauí. Credito: Creative commons/Otávio Nogueira

 

O Brasil tem 917 municípios em crise hídrica, informou o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, ao participar do 8° Fórum Mundial da Água, noticiou a Agência Brasil. Esse número corresponde às cidades que estão em situação de emergência por seca ou estiagem até o dia 13 de março.

O ministro destacou que a crise hídrica não é mais um problema somente do Nordeste, onde está a maioria das cidades. Do total de municípios, 211 estão na Bahia, 196 na Paraíba, 153 no Rio Grande do Norte, 123 em Pernambuco, 94 no Ceará, 40 em Minas Gerais, 38 em Alagoas, 18 no Rio de Janeiro, 17 do Rio Grande do Sul, além de registros em outros estados.

No fórum, o ministro destacou que é preciso fazer investimentos para ampliar e modernizar o sistema de abastecimento do país. O Brasil tem cerca de 11% da água doce do planeta, mas a distribuição territorial não é uniforme e a região que mais sofre com isso é a do Nordeste. Essa relativa escassez, somada à gestão inadequada dos recursos hídricos, ao crescimento populacional e à instabilidade climática em consequência do aquecimento global, tem complicado a situação de disponibilidade de água em muitas cidades nordestinas e em outras regiões do País.

Consumo consciente da água
Neste contexto, todos os atores sociais devem participar e contribuir para que haja uma mudança real. O engajamento dos consumidores é tão importante quanto a atenção das organizações da sociedade civil, do governo ou das empresas.

Não devemos economizar água apenas em momentos de crise. É preciso economizar água sempre. A mudança definitiva de comportamento do consumidor para um uso mais consciente da água é fundamental para enfrentar uma situaçãopermanente de escassez hídrica. É um equívoco achar que essas atitudes só fazem sentido se usadas em situações de crise – quando os reservatórios das cidades caem a um nível crítico. O aquecimento global levou a uma mudança no clima que tende a ser extremo (por exemplo, secas prolongadas ou grandes inundações) e imprevisível.

Clique aqui e veja dicas preciosas para economizar água hoje e sempre.

Com informações da Agência Brasil.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: