Brasil recebe US$ 1,3 milhão para melhorar consciência social

Fundo Multilateral de Investimentos (FOMIN) fará doação para melhorar a consciência social de 120 pequenas e médias empresas do Brasil

Comentário Akatu:A ampla assimilação pelas empresas de todos os portes da necessidade de investir em práticas de responsabilidade social é uma premissa básica para garantirmos um mundo mais justo e próspero. O consumidor tem papel essencial neste processo, ao apoiar empresas socialmente responsáveis.

O Fundo Multilateral de Investimentos (FOMIN) anunciou na semana passada que doará US$ 1,3 milhão para melhorar a consciência social de 120 pequenas e médias empresas do Brasil.

“A responsabilidade social corporativa se define como comportamentos de negócios baseados em valores éticos, princípios de transparência e melhora contínua na relação entre a empresa e outras partes interessadas”, disse em comunicado Daniel Shepherd, chefe da equipe do FOMIN.

O projeto prevê que um grupo de companhias grandes ajude financeiramente e preste assessoria às pequenas e médias empresas com as quais têm contratos de abastecimento ou serviços para que estas apliquem medidas de responsabilidade social empresarial.

Entre as preocupações nesta área estão os direitos humanos, o respeito ao meio ambiente, as medidas contra a corrupção, as boas condições de trabalho e a cooperação com organizações da sociedade civil.

As empresas que participarão do projeto pertencem aos setores de metalurgia, mineração, construção, comércio varejista e produção de álcool, eletricidade e energia, segundo o FOMIN.

“A consciência do consumidor aumentou significativamente no Brasil. Quase a metade dos brasileiros entrevistados por uma instituição independente de estudo de mercados mostrou interesse em práticas de negócios socialmente responsáveis”, disse Shepherd.

“As companhias brasileiras, especialmente as grandes, estão cada vez mais interessadas em ser consideradas socialmente responsáveis pelos consumidores”, acrescentou.

No comando do projeto estará o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social, uma organização sem fins lucrativos criada em 1998 por um grupo de empresários.

O FOMIN é um fundo autônomo administrado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) que apóia o desenvolvimento do setor privado na América Latina e no Caribe, com ênfase nas micro, pequenas e médias empresas.

Se você quiser seguir o Akatu no twitter, clique aqui

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: