Bicicleta bem guardada

A Estapar Estacionamentos lançou recentemente, em 23 unidades de São Paulo, os EcoBicicletários. A iniciativa permite o estacionamento de bicicletas em unidades estrategicamente localizadas na…

A Estapar Estacionamentos lançou recentemente, em 23 unidades de São Paulo, os EcoBicicletários. A iniciativa permite o estacionamento de bicicletas em unidades estrategicamente localizadas na capital paulista e visa estimular o uso deste meio de transporte no dia-a-dia, reduzindo a quantidade de poluentes no ar e a quantidade de carros nas ruas. A Estapar é associado Ouro do Instituto Akatu.

A iniciativa foi lançada em apoio às atividades propostas para o Dia Mundial Sem Carro (22 de setembro) pelo movimento “Nossa São Paulo: Outra Cidade”, do qual participam 250 entidades,  entre elas, a rede Estapar e o Instituto Akatu. De acordo com a rede de estacionamentos, a possibilidade de deixar a bicicleta em um local apropriado e seguro deve estimular mais pessoas a adotarem esses veículos para se deslocarem pela cidade.

O uso da bicicleta representa uma mudança de comportamento com grande impacto positivo não só para a saúde do ciclista, como também para o meio ambiente e a cidade. Se um profissional escolhe pedalar ao invés de dirigir seu carro até o local de trabalho, deixa de lançar para a atmosfera, em uma semana, 15 quilos de CO2 (considerando que deixou de utilizar um veículo popular movido a gasolina percorrendo uma trajetória de 20 quilômetros por dia). Em apenas um mês, esse ciclista deixa de emitir 60 quilos de CO2, o principal gás responsável pelo fenômeno do aquecimento global.

Se apenas 1% dos motoristas de São Paulo (aproximadamente 35 mil pessoas do total de 3,5 milhões) que utilizam o automóvel como meio de transporte diariamente na capital paulista adotarem esse hábito por somente UM DIA, a atmosfera se verá livre de 108 toneladas de CO2. Isso equivale ao que 720 árvores nativas da Mata Atlântica absorvem em 37 anos, em seu processo de crescimento por meio da fotossíntese. Elas ocupariam uma área um pouco maior do que meio campo de futebol. Isso em apenas um dia!

 

Para garantia dos ciclistas, o EcoBicicletário disponibilizará um tíquete de estacionamento, como o dos carros, com a identificação do veículo. A Estapar cobra um valor de R$ 2 pelo uso do estacionamento por 12 horas. Os suportes para as bicicletas foram desenvolvidos pela ONG Arte em Pneus, que reutiliza pneus velhos para construir móveis e acessórios e assim evitar a disposição deste material no meio ambiente.

Para quem quiser saber mais, a Estapar colocou o seu Serviço de Atendimento ao Cliente à disposição, para informações sobre os endereços e horários de funcionamento dos estacionamentos com bicicletários. A ligação é gratuita (0800-105560) e o e-mail é sac@estapar.com.br. O site da empresa é www.estapar.com.br.

Se você quiser seguir o Akatu no Twitter, clique aqui.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: