Akatu participa do TEDxRio+20 que discute poder transformador das pessoas

Especialistas questionam estilos de vida baseados no consumo desenfreado e apontam caminhos para um futuro possível nas prévias da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável

O TEDx, iniciativa independente que tem como objetivo espalhar ideias inovadoras pelo mundo, realizou sessão especial para a Rio+20 no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro. Nos dias 11 e 12 de junho, o evento “Human Power” (Poder Humano) teve seis sessões temáticas em que levantou questões que estarão no centro das discussões da Conferência das Nações Unidas. A proposta do TEDxRio+20 com esse título é instigar as pessoas a pensarem não só nos aspectos óbvios da sustentabilidade, mas revelar o poder humano de transformar o seu próprio comportamento e, com isso, canalizar esforços para construção soluções culturalmente viáveis para os desafios que o mundo atravessa na economia, no meio ambiente e na desigualdade social.

Helio Mattar, diretor-presidente do Akatu, abriu a segunda sessão do evento, intitulada “Da Ignorância à Sabedoria”, propondo uma reflexão sobre as concepções de valor que são estabelecidas através do consumo e em que isso pode impactar nos modelo de produção e na sustentabilidade da vida do planeta: “Vivemos em uma sociedade que considera que quanto mais você consome, mais você vale. Fazemos uma relação direta entre consumo e autoestima, mas não questionamos o preço dessa autoestima”. Segundo Mattar, isso gera uma sensação de insatisfação constante em nossa cultura, o que por sua vez, acarreta um padrão de consumo insustentável.

Mattar enfatizou ainda o poder de ação de cada pessoa na transição da sociedade de consumo para a sociedade do bem estar, na qual seria possível obter qualidade de vida sem necessariamente depender da compra ou posse exclusiva de um produto. Para ilustrar sua fala, apresentou o 10 caminhos para a produção responsável e o consumo consciente como uma alternativa para a solução do impasse ambiental que vivemos em termos de consumo global.

Ainda nesta sessão, Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, chamou a atenção para o fato de que o consumo seria o principal responsável pelo impedimento do desenvolvimento sustentável. “Estamos vivendo uma doença chamada mal do excesso”, apontou. Eleanor Luzes, psiquiatra criadora da chamada “Ciência do Início da Vida”, propôs o cuidado com a saúde e a formação inicial de crianças para a construção de uma sociedade mais consciente e sustentável. Para a médica, o consumo exagerado das gerações presentes também teria uma de suas causas na formação de valores e da personalidade dos indivíduos, iniciada desde a gestação e durante a infância. Jessica Matthews, da Universidade de Harvard, apresentou a Soccket, uma bola de futebol capaz de gerar energia após ser usada, como uma alternativa sustentável e acessível para comunidades de baixa renda. Também participou desta sessão, a arquiteta e professora Viviane Cunha, diretora da primeira empresa licenciada na América Latina para certificar edifícios e comunidades sustentáveis através do selo BREEAM, reconhecido mundialmente.

Para saber sobre as demais sessões acesse o site do TEDxRio.

No canal do Educartis, estão disponíveis algumas das falas do evento.

 

Leia mais:

– Participe do evento do Akatu na Rio+20!
– Rio+20: confira a programação do Akatu na Conferência

Siga no twitter.
Curta no facebook.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: