Centro RIO+ cria rede de voluntariado para promover sustentabilidade a nível local

Ferramenta ‘We App Heroes’ conecta pessoas que moram na mesma cidade e buscam soluções sustentáveis para problemas urbanos

Crédito: Divulgação

 

Comentário Akatu: a economia colaborativa, citada na reportagem abaixo, tem como finalidade conectar pessoas com interesses e necessidades comuns, facilitando o compartilhamento e a troca de bens, serviços, experiências e ideias de forma a colaborar com a sustentabilidade. A iniciativa dará destaque aos primeiros “500 heróis”, que utilizarem o “we app heroes” e com isso permitirem uma pesquisa de avaliação do aplicativo antes de seu lançamento em larga escala.  E o voluntariado também é possibilitado pelo aplicativo, visto que as pessoas poderão se ajudar umas às outras no desenvolvimento de suas iniciativas.  De outro lado, ao compartilharmos algo, como um produto, por exemplo, aproveitamos o que está ocioso, atendendo a necessidade de mais pessoas e evitando a extração de recursos naturais para a produção de novos itens.

 

Anunciado em setembro pelo Centro Mundial para o Desenvolvimento Sustentável (Centro RIO +), o aplicativo We App Heroes — ainda em fase de testes — oferece espaços de interação online para conectar pessoas que estão próximas umas das outras e querem encontrar soluções conscientes para problemas dos centros urbanos.

O objetivo é alinhar ações locais de voluntariado à Agenda 2030 das Nações Unidas. Brasileiros poderão participar das primeiras avaliações do software, que será lançado oficialmente neste mês de outubro.

Na plataforma é possível buscar apoio de outros usuários para projetos como hortas comunitárias, mutirões de limpeza, aulas para crianças e adolescentes, compartilhamento de veículos individuais em sistemas de carona solidária.

O portal permite aos indivíduos tirar dúvidas uns com os outros e também solicitar ajuda concreta para a implementação das iniciativas.

De acordo com o Centro RIO+, o software é a base para uma nova economia colaborativa orientada para redução dos custos ambientais, sociais e econômicos das atividades comuns.

A proposta é criar também uma rede de confiança capaz de fortalecer os vínculos comunitários nas cidades.

Por meio de um sistema de recomendações, o histórico de atividades — online e offline — dos usuários é registrado e avaliado por outras pessoas que utilizam o programa. Com isso, o Centro RIO+ espera estimular o envolvimento positivo dos indivíduos nas iniciativas.

ONU em busca dos primeiros 500 heróis
Ao longo do mês de outubro, o Centro RIO+ e a desenvolvedora do aplicativo Sunscious vão examinar a utilização do aplicativo por 500 usuários que poderão se voluntariar para participar da pesquisa de avaliação.

O estudo será conduzido pela Universidade de Pádua, na Itália, e pelo professor da Universidade Estácio de Sá, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Fundação Getúlio Vargas, Carlos Murdoch. Voluntários brasileiros e italianos poderão se inscrever pelo site e enviando um e-mail para rio.mais@undp.org.

 

Leia mais:

12 passos que encorajam uma pessoa a ser voluntária

Seja um voluntário do Akatu e colabore com a causa do Consumo Consciente

Economia colaborativa: portais conectam pessoas para compartilhar bens e serviços

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: