Akatu lança Relatório de Atividades de 2013

Confira os destaques

 

Já está disponível no site do Akatu o Relatório de Atividades de 2013, com informações sobre principais atividades e projetos desenvolvidos pela organização nesse ano.

Em 2013 o Instituto Akatu concluiu o processo de construção de um novo posicionamento institucional desenvolvido em conjunto com seus principais stakeholders.

Merecem destaque ações como:
•    A Pesquisa Akatu: Rumo à Sociedade do Bem-Estar, com resultados sobre a percepção do brasileiro com relação à consciência de consumo, sustentabilidade e felicidade.
•    O início das atividades do Edukatu, a primeira Rede de Aprendizagem para o Consumo Consciente, reunindo professores e alunos de Ensino Fundamental I e II na plataforma que proporciona diálogo, prática e desafios sobre os temas da sustentabilidade.
•    A tradução da publicação Estado do Mundo 2013: A sustentabilidade ainda é possível?, em parceria com o Worldwatch Institute.
•    Início de estratégia de captação com pessoas físicas.

Os Diálogos Akatu +10 – realizados entre 2011 e 2013 – convidaram, além dos conselheiros da organização, jovens, mulheres, acadêmicos, empresários, ativistas e jornalistas – atores chave para a disseminação da prática do consumo consciente – a repensarem o papel da organização para os seus próximos 10 anos. Com um novo posicionamento institucional, o Akatu quer ser reconhecido como entidade articuladora e mobilizadora para o consumo consciente e estilos mais sustentáveis de vida, sendo referência: na geração e disseminação de conhecimento sobre esses temas; na inspiração para a sua prática; na proposta, articulação e aprovação de soluções concretas por meio de políticas públicas novas ou da articulação para a implementação de políticas existentes; e no engajamento de organizações e movimentos sociais, comunidades, empresas, academia, governos e pessoas em seu propósito.

Confira a íntegra do Relatório de Atividades de 2013.

Veja aqui os Relatórios de Atividades do Instituto Akatu dos outros anos.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: