Campanha Akatu: inclua ações de consumo consciente nas resoluções de Ano Novo

O objetivo da mobilização é disseminar o consumo consciente para a população brasileira por meio das redes sociais

 

O que você incluiu em suas resoluções de Ano Novo? Você escreveu ações de consumo consciente na sua listinha?  Avalie suas atitudes do ano passado e tente fazer diferente em 2015. Produza, usufrua e consuma diferente, buscando novos caminhos que apontem para um futuro sustentável com bem-estar para todos. Parece difícil, mas não é. O Akatu poderá ajudá-lo nesse desafio. O instituto lançou uma campanha sobre esse assunto nas redes sociais, com a hastag #2015MaisConsciente. Vamos participar dessa mobilização? Coloque em prática cada dica, divulgue para seus amigos. Faça a diferença! Inspire-se com os temas a seguir:

1. Comer mais alimentos orgânicos e cuidar da saúde
Saúde é o que interessa! Alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos, são bons para você. E os impactos benéficos vão além disso. Quando o consumidor adota como critérios para a compra de alimentos não só o preço, mas também a qualidade, a origem e as informações sobre os impactos sociais e ambientais causados pelo produtor ou pelo fabricante, entre outros, pode trazer grandes benefícios também para a sociedade e para o meio ambiente. E essas pequenas mudanças nos hábitos cotidianos de consumo de cada indivíduo são essenciais para a transição para um estilo de vida mais sustentável.

2. Separar o lixo para reciclagem
O gerenciamento dos resíduos é um dos grandes problemas ambientais das cidades de grande porte. Iniciativas de reciclagem de lixo devem ser implantadas, e o consumidor deve fazer o possível para evitar a geração desnecessária de detritos. Lembre-se dos 3Rs: é preciso Reduzir, Reutilizar e Reciclar!

3. Evitar fazer compras por impulso
Consumir é preciso, não há vida sem consumo. Mas é necessário produzir, trabalhar e consumir diferente, buscando novos caminhos que apontem para um futuro sustentável. E não exagere nos gastos para não entrar no vermelho no início do ano. Veja aqui algumas dicas para colocar as finanças em ordem.

4. Usar menos o carro
Dê preferência ao transporte público, bicicleta ou andar a pé! Lembre-se de que a cultura da mobilidade individual e o uso excessivo de automóveis pioram a qualidade de vida da população, especialmente nas grandes cidades. São os principais responsáveis pela poluição do ar e pelo aquecimento global, além de trazer outros problemas como poluição sonora e desperdício de tempo em congestionamentos.

5. Curtir mais os amigos e os familiares
No caminho para a sociedade do bem-estar, devemos buscar um modelo de produção e de consumo que valorize as emoções, as ideias e as experiências mais do que os produtos materiais! Os valores da sociedade consumista têm superado o que realmente importa na nossa vida: emoções, experiências, convivência, lealdade ao que realmente somos e sentimos. Sabores, amanheceres e entardeceres, boas risadas, beijos, abraços. Isso é o que constituirá nossas belas lembranças, enquanto raramente nos lembramos de quem deu qual presente e quando.

6. Evitar desperdício de alimentos
Em 2015, vamos diminuir o desperdício de alimentos! Aproveite as partes boas de verduras e legumes. Vale a pena incluir nas refeições cascas, sementes e talos. E se sobrou muita comida do almoço, não jogue fora as sobras. Reaproveite para o jantar! Confira mais dicas aqui.

7. Economizar água e energia
Usar de forma consciente os recursos, hoje e sempre é bom para todos!  Por isso, poupe água e energia. Participe da campanha #águapedeágua do Akatu! Assista também as animações sobre consumo consciente de energia, feitas em parceria com a AES Eletropaulo.

8. Gastar dinheiro com o que realmente importa
Não importa só o quanto você ganha, mas como você usa o seu dinheiro! Vale a pena gastar em produtos desnecessários e continuar com dívidas? Eleja o que for prioridade. Veja mais dicas de como gastar o décimo terceiro de forma consciente, sem entrar no vermelho.

9. Equilibrar trabalho e lazer
Não é fácil, mas neste ano você consegue esse equilíbrio, não? É preciso colocar o trabalho como um dos elementos e não o único elemento de utilização de tempo durante a vida adulta. Distribuir melhor o tempo das pessoas ao longo da vida, buscando equilibrar a dedicação ao trabalho, à educação, ao convívio familiar e com os amigos, ao lazer, permite que elas possam ter um desenvolvimento pessoal e espiritual contínuo, contribuindo para dar sentido à própria vida.

10. Voluntariar-me a uma boa causa
Por um 2015 melhor pra todos: que tal se voluntariar a uma causa que você considere importante e ser agente da mudança? Praticar a solidariedade e a cultura da doação tem tudo a ver com estilos de vida sustentáveis e promovem a sociedade do bem-estar. Comece fazendo o Teste Akatu e descubra como você  já contribui para o bem-estar de todos.

11. Trocar e compartilhar mais do que comprar
Ao compartilharmos, expandimos ao máximo a capacidade de uso de um produto. Assim aproveitamos o que está ocioso, atendemos a necessidade de mais pessoas e evitamos a extração de recursos naturais para a produção de novos itens.

12. Dar preferência às frutas da estação
Além de deliciosas, as frutas na safra natural são mais baratas. Elas são comumente produzidas em locais próximos aos seus pontos de distribuição. Optar por consumi-las contribui para a redução do impacto ambiental uma vez que essa prática impulsiona a economia local, diminuindo as distâncias entre produtor e consumidor, o que reduz o desperdício de produtos durante o seu transporte. Veja mais dicas aqui.

 

Leia mais:

Faça o teste do consumo consciente

10 caminhos para a produção e o consumo conscientes

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: