2017: Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento

A data foi adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, com o objetivo de contribuir com o setor do turismo para os três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental

Crédito: Creative commons/ Josep

 

A 70ª Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou, ao final do ano passado, a adoção de 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento. A resolução é “uma oportunidade única para fazer avançar a contribuição do setor do turismo para os três pilares da sustentabilidade – econômica, social e ambiental – aumentando a consciência sobre um setor que é frequentemente subestimado”, declarou ao site da ONU Taleb Rifai, secretário-geral da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (OMT), agência que lidera essa iniciativa.

Na resolução da ONU é citada “a importância do turismo internacional e, em particular, a designação de um ano internacional de turismo sustentável para o desenvolvimento, com o objetivo de promover uma melhor compreensão entre os povos em todo o mundo, levando a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio das diversas civilizações”. Além disso, a iniciativa busca também apreciar valores inerentes às diferentes culturas, contribuindo assim para o fortalecimento da paz no mundo.

“Temos grande expectativa de prosseguir com a organização e implementação do Ano Internacional, em colaboração com governos, organizações relevantes do Sistema das Nações Unidas, outras organizações internacionais e regionais e todas as outras partes interessadas relevantes”, acrescentou Rifai.

A decisão segue o reconhecimento dos líderes globais na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) de que “um turismo bem concebido e bem gerido” pode contribuir para as três dimensões do desenvolvimento sustentável, para a criação de empregos e para o comércio.

Agenda 2030 e os ODS

A intenção em eleger 2017 como o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento ocorreu em um momento muito oportuno, quando a comunidade internacional adotou a nova Agenda 2030 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), aprovados pela Assembleia Geral da ONU em setembro de 2015. O turismo aparece como meta em três dos novos Objetivos Globais: 8 – Trabalho Descente e Crescimento Econômico, 12 – Consumo e Produção Responsáveis, e 14 – Vida na Água.

Agora a ideia é promover, ao longo deste ano, o papel do turismo em cinco áreas:

1. Crescimento econômico inclusivo e sustentável.
2. Inclusão social, emprego e redução da pobreza.
3. Eficiência dos recursos, proteção do ambiente e Mudanças Climáticas.
4. Valores culturais, diversidade e patrimônio.
5. Compreensão mútua, paz e segurança.

Veja mais detalhes no site oficial da OMT.

Papel do consumidor consciente

De que forma você pode contribuir para praticar um turismo sustentável? Um bom começo é adotar práticas de consumo consciente no dia a dia em viagens longas e passeios de fins de semana.  Respeitar o meio ambiente, não jogando lixo em locais inapropriados também é importante. Outra dica é favorecer a economia regional e o desenvolvimento econômico das comunidades visitadas, consumindo produtos locais. Clique aqui e veja outras sugestões preciosas que tornarão suas férias mais valiosas para você e para todos.

 

Leia mais:

20 dicas para se tornar um consumidor consciente nas férias de verão

Dez dicas de gastronomia consciente para viajantes

Que tal fazer um passeio sustentável no final de semana?

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: