Santander adere ao movimento Hora do Planeta

Apoio à iniciativa se estendeu a 60 prédios em dez países e marcou a implementação de um novo plano de eficiência e sustentabilidade energética do grupo

O Santander também aderiu ao movimento Hora do Planeta e apagou as luzes de 60 prédios em dez países, das 20h30 às 21h30, no dia 30 de março. O movimento global é uma iniciativa da World Wide Fund for Nature (WWF) e visa dar atenção às mudanças climáticas e seu impacto na biodiversidade e na vida das pessoas.

A ação do Santander marcou a implementação de um novo plano de eficiência e sustentabilidade energética do Grupo, para o período 2019-2021. No Brasil, a iluminação do Farol Santander também foi desligado e, no total, foram prédios na Espanha, Reino Unido, México, Estados Unidos, Argentina, Portugal, Alemanha, Polônia, Chile e Brasil aderiram a causa.

Essa iniciativa enfatiza que pequenas atitudes geram grandes impactos em nossas vidas e também no planeta. Cada atividade cotidiana de uma pessoa ou de uma empresa afeta diretamente o meio em sua volta, o que torna fundamental agir de forma consciente e multiplicar essas ações no ecossistema que nos cerca.

Desde que lançou seu plano de eficiência em 2016, o Santander realizou mais de 250 iniciativas com foco na conscientização dos funcionários, conservação de energia, de matérias-primas e redução de resíduos e emissões.

 

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: