10 dicas para reduzir sua produção de lixo fora de casa

Confira sugestões simples e práticas para evitar resíduos desnecessários na academia, no restaurante, durante as compras…

Você já parou para pensar que em um almoço num restaurante, durante o treino na academia ou as compras no mercado você pode gerar lixo desnecessariamente? Em nossas atividades mais cotidianas, podemos optar por práticas de consumo que tenham, ao menos, um menor impacto negativo, o que faz bem para o meio ambiente e para a sociedade como um todo. Confira 10 dicas que irão ajudá-lo a produzir menos resíduos fora de casa.

Use sempre uma ecobag . Na hora das compras, leve na bolsa uma ou duas ecobags, sacolas duráveis de lona, de pano ou de plástico. Assim, você evita os saquinhos plásticos descartáveis, que poluem o meio ambiente e demoram séculos para se decompor.

 

Leve sua garrafinha com você . No escritório, na academia ou em um passeio ao ar livre, esteja sempre com sua garrafinha de material durável para repor a água em filtros, torneiras e outras fontes confiáveis. Assim, você economiza em copos descartáveis e evita a compra de novas garrafas plásticas.

 

Pão, só em um saquinho de papel . Tem lugar que coloca o pãozinho em um saco de papel e, depois, em uma sacolinha plástica. Na sua vez, diga que não precisa da sacola plástica, só a embalagem de papel é suficiente.

 

Recuse recibos e comprovantes de pagamento . Você sabia que aquele papelzinho amarelo ou azul dos comprovantes de cartão e bancários não são recicláveis? Melhor fazer o controle de seus gastos por meio de aplicativos e recusar o comprovante em papel. Faça tudo de forma digital.

 

Sorvete na casquinha é mais sustentável . O verão está chegando! Na hora de se refrescar com um sorvete, lembre-se: peça na casquinha. É um jeito de evitar os potinhos de plástico, que terão uso único, e os picolés, que vêm com palito de madeira também de uso único.

 

Carregue seu kit refeição . Se puder, prefira restaurantes e lanchonetes que usem talheres e copos duráveis. Caso o estabelecimento ofereça só os descartáveis (como os de plástico), leve um “kit refeição durável”: há opções de talheres feitos de madeira, copos retráteis de acrílico e canudinhos de vidro ou metal.

 

Compre a granel . Cereais, grãos, frutas desidratadas, macarrão, farinha e até café e azeite. Há uma série de estabelecimentos que vendem estes e outros alimentos a granel. Quando optar por eles, leve suas próprias embalagens e dispense as plásticas descartáveis: sacos de pano para as compras secas, potes de vidro para os úmidos ou em pó e garrafas para líquidos.

 

Refri, suco ou cerveja? Vá de latinha ou vasilhame . Ao comprar uma bebida, prefira as vendidas em latinhas, que são feitas de alumínio e podem ser facilmente recicladas –- no Brasil, a taxa de reciclagem de latinhas é de 97,7%, enquanto a de garrafas PET é de 51%, segundo dados da Abralatas e da Abipet. Outra dica é usar as garrafas retornáveis: além de sair mais barato (você paga só o líquido) a embalagem pode ser usada dezenas de vezes.

 

Produtos de higiene pessoal: melhor as versões em barra . Troque o sabonete líquido, o xampu e o condicionador por uma versão em barra, que pode ser comprada sem embalagem nenhuma se você levar a sua. A dica vale também para o desodorante e o creme hidratante. Você economiza a embalagem e o meio ambiente agradece.

 

Vai ao shopping? Dispense as embalagens dos produtos . Se for comprar roupas, calçados e acessórios, recuse as embalagens e caixas descartáveis. Você não precisa de uma sacola de cada loja e nem de um embrulho para cada item. Pode, por exemplo, colocar tudo na sua ecobag.

 

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: