Leve marmita e pague a faculdade do seu filho!

Levar marmita para o trabalho todo dia economiza R$ 7 mil/ano. Colocada a economia mensal em uma poupança, acumulará R$ 198 mil em 18 anos.

 

A vida corrida nas grandes cidades tem levado as pessoas a comerem mais fora de casa. Como decorrência, pode ocorrer dos pratos de alguns restaurantes conterem alimentos industrializados e que podem conter altos percentuais de sódio, gorduras, sal e calorias, além de aditivos para realçar o sabor ou para manter a estabilidade do produto, podendo trazer consequências negativas para a saúde.

Comendo-se fora de casa, é impossível se ter informação sobre a composição dos pratos de forma a se tentar balancear a ingestão de alimentos industrializados com alimentos in natura ou pouco processados, de modo a não ultrapassar o limite diário de ingestão de determinados componentes que podem levar à ocorrência de doenças como hipertensão e obesidade. Nesse sentido, cozinhar em casa a própria refeição ajuda a eliminar esse problema, já que permite ter controle sobre os ingredientes que estão sendo utilizados e, com isso, preparar um prato equilibrado em termos da presença de ingredientes naturais e de outros industrializados.

Além disso, o gasto para o preparo das refeições em casa é muito menor comparado ao preço que os restaurantes cobram e, durante a semana de trabalho, substituir os pratos comerciais pela marmita pode fazer uma grande diferença no próprio bolso!

Se você levar uma marmita nos cinco dias da semana de trabalho* e se alimentar com comida feita em casa ao invés de comer em restaurantes, economizará R$ 6,2 mil por ano. Ao aplicar mensalmente a quantia economizada em uma poupança**, ao final de 18 anos, terá acumulado mais de R$ 198 mil, suficiente para pagar uma boa faculdade para o seu filho!

*5 dias.

**taxa de juros 6% a.a.

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: