Conselhos

Renata Moura
presidente

Formada em Direito, MBA em Operação pelo Instituto de Empresas (Espanha), pós-graduada no COPPEAD/UFRJ e Gestão Empresarial pelo Instituto Dom Cabral/ENSEAD. Experiência de 20 anos em RH, tendo atuado inicialmente por 6 na área jurídica da AMBEV e depois seguiu carreira em RH. Participou da privatização do sistema telecomunicações do Brasil, como Diretora de RH da OI, posteriormente, assumido a VP de RH do Grupo Santander. Durante seus 6 anos no Carrefour foi responsável das áreas de RH, Sustentabilidade e Relações Institucionais. Desde 2016, atua como Sócia da consultoria Integration, é líder da área Fator Humano & Organizações.

 

 

 

Alex Seibel

Alex Seibel é empreendedor socioambiental de algumas iniciativas. Começou em 2013 ao fundar a ARCAH, Ong que resgata moradores de rua através de um modelo Permacultural. Em 2015 fundou a POSITIV.A, empresa B que oferece produtos de limpeza baseados na economia circular e fomenta a agricultura familiar. É sócio também da Apolo Energia e Positive Ventures, empresa de energia renovável e gestora de venture capital de impacto respectivamente. Participa também do Conselho do Sistema B e da Akatu.

Hugo Bethlem

Hugo Bethlem é diretor geral do Instituto Capitalismo Consciente Brasil, além de ser conselheiro de empresas e ONGs. Acumula mais de 40 anos como executivo de varejo em empresas como GPA, Dicico, Sé Supermercados, Hopi Hari, Carrefour e Arthur Andersen. É formado em Administração de Empresas pela FMU-SP, com especializações na FGV, Cornell, Babson, IMD e Stanford.

John Forgach

Empreendedor e Banqueiro de Investimentos, pioneiro em negócios ambientais, conselheiro de governo em politicas de desenvolvimento sustentáveis e especialista em investimentos florestais. Formado em Economia por Harvard e Filosofia pela Academia de Paris,foi professor de negócios ambientais em Yale. Premiado com Green Globe Award, Rainforest Alliance; e com o BRAVO Business Award como Ambientalista do ano em 2000, fundou diversas ONGs. Atualmente preside o Conselho de administração da Forestre Ltd, UK, o Conselho Internacional sobre Comércio, Meio Ambiente e Investimentos Estrangeiros do CCICED (China) e participa do Board of Trustees da Fundecor na Costa Rica.

José de Menezes Berenguer

Bacharel em Direito pela PUC-SP, é Presidente do banco JP Morgan no Brasil. Foi CEO da Gávea Crédito Estruturado, responsável pela criação e desenvolvimento da área de crédito estruturado. No Santander foi CEO do Banco de Atacado e de Investimentos, foi VP Executivo de Asset Management, Private Banking e CEO de Varejo. Foi VP no Banco ABN Amro Real e atuou também no BBA Creditanstalt, Utor Investimentos, ING Barings e ING Bank Brasil. Começou sua carreira em 85 no Banco Boavista, como diretor responsável pelo gerenciamento do Departamento de Câmbio. Membro do Conselho da FEBRABAN e de Administração da BM&F Bovespa.

José Vicente Marino

CEO da Avon Cosméticos. Bacharel (1989) e mestre (2000) em Administração pela Fundação Getúlio Vargas, com MBA em Varejo pela Universidade de São Paulo (2001), OPM Harvard Business School (2018-2020). Trabalhou em empresas multinacionais de bens de consumo, como Best Foods e Johnson & Johnson, onde ocupou os cargos de diretor, vice-presidente e presidente. Foi COO global da Natura (2008-2015), responsável por todos os negócios da empresa em todos os países, bem como operações, marketing e inovação. Foi vice-presidente da ABA (associação brasileira dos anunciantes – 2011-2015 anos). Como conselheiro atuou como membro do Conselho Superior do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária – 2011-2015), e foi presidente do conselho de administração da Alpargatas S.A (2017). Também é membro do conselho do instituto jatobás (ONG de investimento privado).

 

 

 

 

 

Lina Maria Useche Kempf

É co-fundadora e Diretora Executiva da Aliança Empreendedora, organização que apoia microempreendedores de comunidades de baixa renda em todo o Brasil. Foi co-fundadora da Impulso Microcrédito que lançou a primeira plataforma de crowdfunding para microempreendedores de baixa renda no Brasil. É formada em Administração pela UFPR com pós-graduação em Direito do Terceiro Setor pela Universidade Positivo e formação em Performance Measurement for Effective Management of Nonprofits pela Harvard Business School. Foi selecionada membro da rede Global Shapers do Fórum Econômico Mundial em 2012, é YouthActionNet global Fellow pela International Youth Foundation desde 2010 e foi selecionada em 2015 como fellow global da Vital Voices.

Lúcia Maria Araujo

Jornalista é Gerente Geral do Canal Futura. Foi editora de telejornais e de programas jornalísticos na TV Bandeirantes, Globo e Cultura. Atuou como repórter stringer no Estados Unidos para o jornal Folha de São Paulo, cobrindo áreas de cultura, comportamento e business em Washington. Criou e dirigiu séries para TV no mercado de produção independente, coordenou séries de documentários para o canal GNT, o Projeto Tom da Mata para a Fundação Roberto Marinho e o Canal Futura. Trabalhou com a CNBC e em 1999, assumiu a direção do Canal Futura, no Rio de Janeiro.

Marcelo Lopes Cardoso

Administrador de empresas com extensão pela Kellog Northwestern University. Esteve no Grupo Fleury como Diretor Executivo de RH, Estratégia, Inovação e Sustentabilidade, esteve também na Natura onde foi responsável por Recursos Humanos, Gestão, Estratégia e Sustentabilidade. Foi Presidente para a América Latina da LHH/DBM, trabalhou para a GP Investimentos onde foi responsável pela implementação e operação do Hopi Hari, esteve por 10 anos na Método Engenharia.É coach, facilitador e presidente da ONG Instituto Integral Brasil.

Marco Flavio Simões Coelho

Jornalista e administrador de empresas, foi Vice-Presidente de Comunicação e Sustentabilidade da Coca-Cola Brasil por 10 anos até fevereiro de 2015. Marco é conselheiro de uma série de organizações, entre elas a SDSNBrasil da ONU, a ABA (Associação Brasileira de Anunciantes), a Aberje (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), a cidade do Rio de Janeiro (e seu Pacto) e o CENP (Conselho Executivo de Normas Padrão). Anteriormente, Marco já teve posições de responsabilidade em empresas como o Grupo Abril, SuperVia, Accenture e BrasilConnects. Marco Simões tem MBA pelo Daniels College of Business da Universidade de Denver, EUA, cursou o Mestrado em Ciência da Comunicação pela USP e é graduado em jornalismo pela UFMG.

Maria Luiza de O. P. e Paiva

Diretora de Sustentabilidade da Suzano desde janeiro de 2019. Atua há 28 anos em Sustentabilidade e Recursos Humanos e Diretora de Sustentabilidade, Comunicação e Relações Corporativas da Fibria Celulose. Foi executiva no Banco ABN AMRO Real/Santander e no Banco Nacional. Como Diretora Executiva de Desenvolvimento Sustentável do ABN AMRO Real Santander, liderou a criação e implementação da estratégia de sustentabilidade que se tornou uma referência nacional e internacional. É psicóloga formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, com especialização em Recursos Humanos pela Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, também cursando Negócios e Sustentabilidade na Universidade de Cambridge, Inglaterra.

Rafael Henrique Rodrigues

Rafael Henrique é engenheiro, designer de sustentabilidade e empreendedor Social. Tem formação técnica em eletrônica, graduação superior em engenharia eletrotécnica, e pós-graduação em Empreendedorismo e Novos Negócios. Trabalhou por 10 anos na área de projetos de automação industrial e análise de riscos patrimoniais para grandes plantas no Brasil e América Latina. Dedica-se ao tema sustentabilidade desde 2006, abordando a aplicação integral deste conceito em diversas áreas de estudo. Em 2010 se especializou em design para sustentabilidade pelo programa Gaia Education (GEESE / UNESCO) e no início de 2011 abriu mão da carreira no setor privado para se dedicar integralmente ao desenvolvimento e integração de sistemas na área, atuando desde então como diretor-presidente do Instituto S.O.S. (Sistemas Organizados para Sustentabilidade). Recebeu prêmios nacionais internacionais, com destaque para o YouthActionNet® Laureate Global Fellowship 2012 que reconhece anualmente 20 jovens empreendedores de reconhecido impacto ao redor do mundo.

Renata Piazzon

Renata Piazzon é gerente executiva do Programa Mudanças Climáticas do Instituto Arapyaú e possui mais de dez anos de experiência como advogada na área ambiental. Formada pela PUC-SP, Schumacher College e Amani Institute, é mestre em Direito Ambiental na área de finanças sustentáveis. Além do Conselho Consultivo do Instituto Akatu, é membro do Grupo Jurídico B do Sistema B Brasil, do Climate Reality Project e co-fundadora de dois projetos de inovação social. Seus rankings incluem Chambers Latin America, Who’s & Who Legal, The Legal 500 e prêmio ABRAPS 2017 como profissional que melhor representou o ODS 9 da ONU no Brasil.

Ricardo Campos Caiuby Ariani

Graduado em Direito pela Universidade de São Paulo, com cursos de especialização e aperfeiçoamento em administração, recursos humanos, liderança e mediação nas instituições FGV-SP, Harvard Business School, Harvard Law School, Stanford – Executive Education. Trabalhou como executivo em empresas públicas e privadas por vários anos; por 15 anos foi CEO de TozziniFreire Advogados. Atualmente, atua como consultor e participa de conselhos em empresas e organizações não governamentais.

Roger Friedrich Werner Koeppl

Jovem empreendedor social, é técnico em mecânica pelo SENAI e tecnólogo em processos de produção pela Fatec-SP, tendo sido destaque acadêmico no curso de Engenharia de Produção na PUC-MG. Atuou 8 anos na indústria, passando por metalúrgicas, montadoras de automóveis e empresas de tecnologia e bens de consumo. Após uma experiência como voluntário na Cruz Vermelha, fundou a cooperativa YouGreen, onde trabalha o tema de resíduos sólidos como possível veículo de integração social, preservação ambiental e geração de riqueza. Foi o primeiro colocado no Programa Jovens Embaixadores Ambientais da Bayer em parceria com o PNUMA, vencedor do Prêmio Jovens Inspiradores promovido pela Veja e Fundação Estudar e vencedor no Programa Jovens Talentos 2013 da Fundação Arymax.

Ruy Lindenberg

Sócio e VP de Criação da Leo Burnett Tailor Made, cursou a EAESP da FGV e fez MBA na Steinbels-Hochschule-Berlin. Trabalhou como redator em algumas das melhores agências do país. Possui os mais importantes prêmios nacionais e internacionais e faz parte do Hall da Fama do Clube de Criação de São Paulo. Criou as campanhas Bonita Camisa Fernandinho; Cachorrinho da Cofap, Visa 2004, e foi Diretor de Criação da campanha Novo Uno, um dos lançamentos de maior sucesso na indústria automobilística nos últimos anos. Tem sido jurado frequente em festivais internacionais como Cannes, Clio, Young Guns, Effie, El Ojo, FIAP e outros. Atualmente é sócio da Agência Mar Comunicação e Inovação.

Stela Goldenstein

Geógrafa, desenvolveu atividades profissionais fundamentalmente na área pública. Trabalhou nas esferas estadual, federal e municipal, na definição e implementação de políticas setoriais de meio ambiente, recursos hídricos, habitação, desenvolvimento urbano e no planejamento estratégico de governo. Na iniciativa privada, atuou como consultora para a gestão ambiental.Foi Coordenadora de Planejamento Ambiental na Secretaria de Meio Ambiente do Estado de São Paulo (1990 a 1994), Secretária Adjunta de Meio Ambiente para o Estado (de 1995 a 1998 e em 1999), Secretária de Estado do Meio Ambiente do Estado (1998 a 99), Assessora Especial do Governador Mario Covas (1999 a 2000), Secretária Municipal de Verde e Meio Ambiente da Cidade de São Paulo (2001 e 2002), Assessora do Prefeito de São Paulo José Serra, Secretária Adjunta da Secretaria de Governo da Prefeitura de SP (2006 a 2009), Assessora no Governo do Estado de São Paulo (2009 a 2011). Foi Membro dos Conselhos de Administração da COHAB, da SABESP, da CETESB, da CDHU, da PRODAM e da São Paulo Transportes – SPTrans. Foi Conselheira do CONSEMA, do CADES (os quais também presidiu na condição de Secretária) e do CONDEPHAAT. Foi membro do Conselho de Administração do Secretariat International de l’Eau; Diretora Executiva da OSCIP Associação Aguas Claras do rio Pinheiros; dirige A ORBE, OSCIP que desenvolve projetos de apoio a pequenos produtores rurais em áreas ambientalmente protegidas. É consultora do Banco Mundial para programas voltados à universalização do saneamento no Brasil.

Thais Rodrigues Corral

Thais Corral é fundadora de três organizações não governamentais: REDEH ( Rede de Desenvolvimento Humano), organização que coordenou a participação do movimento global de mulheres na Rio-92 e introduziu no Brasil a temática ambiental no movimento de mulheres;  CEMINA ( Comunicação, Educação, Informação e Adaptação), que inovou ao  fortalecer o vinculo de lideranças locais femininas com  a comunicação radiofonica  em todo Brasil;  WEDO (Women, Environment and Development Organization), organização que trabalhou no campo da advocacy fortalecendo o papel das mulheres na governança global da sustentabilidade.

Fundadora também o projeto Sinal do Vale, um centro de aprendizagem local-global situado numa  fazenda agro-ecológica. Na mesma linha experiemental coordena também o projeto Adapta Sertão da suporte a tecnologias sociais de adaptação a mudança climatica. É graduada em administração pela Fundação Getúlio Vargas e mestre em Políticas Públicas pela Universidade de Harvard.  Pelas suas realizações recebeu vários prêmios como o Premio Abril Mulher ( 1999), o Tech Awards do Sillicon Valley (2005), o Prêmio Seed da ONU (2008) e o Premio das Metas de Desenvolvimento do Millenio.