Campanhas

Empreendimentos

Peça da campanha “Akatu – Pelo Consumo Consciente”.

A campanha “Akatu – Pelo Consumo Consciente”, criado em parceria com a agência Lew’LaraTBWA recebeu o prêmio ouro Effie Awards Brasil 2010 na categoria “Sem Fins Lucrativos” e foi apontada para o Grand Prix Effie, o melhor entre os prêmios ouro, e finalizou sua participação entre os três primeiros colocados na categoria.

A campanha foi veiculada em 2009 e tinha o objetivo de simular o lançamento de empreendimentos imobiliários de luxo no meio de locais públicos que são cartões-postais do país. Criaram-se maquetes, cartazes, banners para os falsos investimentos. Como se fosse real, cinco estandes de venda foram montados para apresentar ao público as obras e acompanhar a reação. A “proposta” era construir prédios na praia dePitangueiras, no Guarujá (SP), no alto do Pão de Açúcar, no Rio de Janeiro (RJ), no meio da Lagoa da Conceição, em Florianópolis (SC), na praia de Boa Viagem, em Recife (PE), e no Lago Paranoá, em Brasília (DF).

O projeto foi inspirado no sonho de consumo dos brasileiros – a casa própria – e a idealização de torná-lo concreto. Mesmo com toda a aparência de empreendimento legal, esperava-se que as pessoas olhassem as iniciativas do ponto de vista ético e apontassem o absurdo que era a tentativa de um empreendimento privado invadir uma área pública, mas não foi essa a reação da maioria. Entre 50% e 60% do público que visitou os estandes aprovaram a proposta.

A proposta foi apresentada à Rede Globo para explorar essa contradição e chamar a atenção do telespectador para a inversão de valores. Entre os dias 28 de fevereiro e 7 de março de 2010, duas reportagens de sete minutos sobre a campanha foram veiculadas no programa Fantástico.

Além dos milhares que visitaram os estandes falsos, mais de 60 milhões de pessoas tomaram conhecimento da campanha no Fantástico; a ideia ainda rendeu reportagens na imprensa em geral e especializada, comentários em blogs, debates e citações nas redes sociais da internet.

Em média, cada reportagem sobre o projeto Praia Exclusiva, foi visto por 40 milhões de telespectadores no Brasil e no exterior.