Fantástico: dicas de como economizar energia em casa

O Instituto Akatu deu dicas de energia elétrica em reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, que foi ao ar no dia 01 de fevereiro…

O Instituto Akatu deu dicas de energia elétrica em reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, que foi ao ar no dia 01 de fevereiro de 2015.

Gabriela Yamaguchi, gerente de comunicação do Instituto Akatu, visitou a casa de Ana Paula, em São Paulo, para dar sugestões de como economizar energia elétrica.

Ana Paula vive com o marido e três filhos. Uma casa típica: tem televisão, som, computadores, chuveiro elétrico. Gabriela começou com dicas para economizar na sala de estar: “Você tem bastante aparelho de TV, tem aparelho de wi-fi, telefone ligado, micro system, tem aparelho de TV a cabo e o tocador de DVD player. Todos os eletroeletrônicos ligados em stand by. Se tirar todos esses aparelhos da tomada, você economiza energia para manter esses mesmos aparelhos ligados por outros quatro meses.”

Na casa havia três notebooks e um computador, que também nunca são desligados da tomada. “Tanto o notebook quanto computador de mesa ou aquele que tem torre, a gente não deve deixar os computadores ligados naquela função de sono. Consome muita energia, tanto quanto o stand by. A gente tem que desligar o computador. Uma horinha por dia e a economia já é suficiente para você conseguir usar computador por outros um ano”, disse Gabriela.

Gabriela disse a Ana Paula que os seis carregadores ligados durante um mês inteiro gastam uma energia suficiente para manter o seu computador ligado o mês inteiro.

A gerente de comunicação do Instituto Akatu falou que não é preciso deixar o conforto da energia elétrica, mas é preciso usá-la com consciência e sem desperdício. “A gente já está vivendo falta de energia e falta de água. Então esse nosso presente não tem nenhum outro caminho que não seja o caminho da mudança para essas pessoas mais conscientes desses recursos”, comenta Gabriela Yamaguchi.

Assista à reportagem do Fantástico sobre economia de energia elétrica de 1 de fevereiro de 2015, com participação do Instituto Akatu

Gostou da notícia? Compartilhe!
Ajude a disseminar o Consumo Consciente entre os seus amigos.
Compartilhe:
Leia mais: