Mobilidade

Alemanha inaugura primeiro trecho de rodovia para bicicletas

A estrutura beneficiará cerca de 2 milhões de pessoas e poderá tirar até 50 mil carros das estradas por dia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Captura de tela/Divulgação

 

Comentário Akatu: a cultura da mobilidade individual e o uso excessivo de automóveis pioram a qualidade de vida da população, especialmente nas grandes cidades, além de serem os principais responsáveis pela poluição do ar e pelo aquecimento global, além de ser fonte de poluição sonora e de desperdício de tempo em congestionamentos. Mas modalidades alternativas de transporte como a bicicleta começam a representar parcela importante dos deslocamentos urbanos, como destaca a notícia a seguir. E priorizar essas modalidades é uma contribuição importante para alcançar uma solução realmente sustentável e de longo prazo.
 

Cem quilômetros totalmente livres de carros. Essa vai ser a extensão da Radler B-1, quando estiver totalmente concluída. Até lá, porém, os ciclistas já podem usufruir dos primeiros cinco quilômetros, inaugurados no começo do mês.

Além das faixas asfaltadas, a Radler B-1 tem iluminação própria, barreira de proteção e não possui cruzamentos – passagens elevadas e pontes são utilizadas a fim de evitar possíveis acidentes e garantir a segurança dos ciclistas.

Os responsáveis pelo projeto, do grupo de desenvolvimento RVR, acreditam que a infraestrutura beneficiará cerca de dois milhões de pessoas e poderá tirar das estradas alemãs até 50 mil carros por dia. Quando estiver pronta, a rodovia exclusiva para ciclistas vai ligar as cidades de Duisburg e Hamm, passando por universidades e outros oito municípios no caminho.

A pista onde a super ciclovia está sendo construída, a autoestrada A40, já vinha sido fechada há três anos para os carros nos finais de semana. A experiência positiva serviu para mostrar a viabilidade e a necessidade da nova infraestrutura.

Ao total, o custo da obra deve ser de 180 milhões de euros – valor que ainda não está garantido, mas deve vir de fundos das províncias e municípios por onde a ciclovia vai passar.

 

Leia mais:

Capital da Noruega planeja abolir os carros da zona central até 2019

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar
Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...