Idec aciona Ministério Público e Procon-SP contra a Sabesp

Expectativa é ter acesso ao mapa de redução de pressão noturna de água para informar população da situação real do abastecimento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) enviou no dia 20 de outubro uma representação ao Ministério Público e um ofício ao Procon de São Paulo contra a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo). Com essa iniciativa, o Instituto espera que o MP determine para a Sabesp a divulgação do mapa de diminuição de pressão noturna.

A Sabesp tinha prazo legal até 19/10 para enviar o mapa ao Idec. Entretanto, o Instituto não recebeu o material. A iniciativa do Idec tem como base o Código de Defesa do Consumidor (Lei n° 8.078/90) e a ...

Campanha da TNC sugere que paulista não lave o carro durante crise da água

Campanha de conscientização e mobilização da TNC fala da importância de economizar água em ações cotidianas como lavar o carro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Diante da crise hídrica no estado de São Paulo, a ONG TNC Brasil (The Nature Conservancy Brasil) lançou, em outubro, a campanha #NaoChoveNaoLavo, que convida o paulista a deixar de lavar seu carro enquanto a situação de escassez de água se mantiver.

Trata-se de uma campanha de conscientização e mobilização para a economia de água, nesse momento de crise, criada pela Agência Africa. Lavar um carro consome, em média, 500 litros de água. Para limpar toda a frota paulistana, seriam necessários 3,5 bilhões de litros, o equivalente ao consumo mensal de 25 milhões ...

Site ajuda paulistano a identificar de onde vem a água que abastece sua casa

O Instituto Socioambiental (ISA) criou uma plataforma virtual que mostra qual é o sistema responsável pelo fornecimento de água de cada local de São Paulo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Site “De onde vem a água?, do ISA (reprodução)

 

Comentário Akatu: Inovações tecnológicas e políticas públicas podem ser ferramentas efetivas para a transição para uma sociedade mais sustentável. Mas é importante lembrar que é preciso também inovar nos padrões de produção e de consumo para que seja possível alcançar o bem-estar desejado pela sociedade com um uso muito menor de recursos naturais como a água. Hoje, já consumimos e descartamos 50% mais recursos naturais renováveis do que o planeta é capaz de regenerar e absorver, inclusive a água. A crise hídrica no Sistema Cantareira é gravíssima, como mostra ...

Instituto Akatu lança campanha pelo consumo consciente da água

Na campanha #águapedeágua, instalações são espalhadas por São Paulo com o objetivo de alertar como seríamos “miseráveis” sem a água, esse elemento vital à existência humana

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O #águapedeágua é uma campanha de mobilização da sociedade para o consumo consciente de água. Diante da crise hídrica que vivemos em São Paulo e em outras regiões do País, a situação exige uma ação coletiva, integrada e de larga escala, com a participação de vários atores sociais.

Na oferta de informações à população, a campanha #águapedeágua busca “desautomatizar” o consumo de água, por meio do engajamento de todos, como cidadãos, em uma nova postura de uso consciente desse recurso imprescindível, de forma permanente.

A plataforma aguapedeagua.org.br, que foi realizada pelo Akatu com o apoio da

Água: vão evacuar São Paulo?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto: Creative Commons/Thomas Hobbs

 

A penúria hídrica nesse momento atinge várias regiões do Brasil. As piores são o São Francisco e a população paulistana, pelo esgotamento do sistema Cantareira.

Os problemas hídricos de hoje, se os levarmos a sério, não apenas do ponto de vista eleitoreiro, é o começo da “vingança da natureza” contra uma civilização predadora. A situação de São Paulo foi construída desde a década de 1950, quando se intensificou o desmatamento em São Paulo e quando a concentração urbana tornou-se um fenômeno alucinante.

A do São Francisco vem desde o século 19, quando os ...

Fechar

Esqueci minha senha

Digite seu e-mail e clique em "Procurar" para recuperar sua senha.
Sua senha foi enviada para o e-mail informado.
Não encontramos seu e-mail em nossos registros. Se você não tem uma conta Akatu, cadastre-se aqui.
Ocoreu um erro inesperado. Por favor, tente mais tarde.
enviando...